Ah, o ano de 2020!

Iniciamos o ano cheios de planos, expectativas e com imensa vontade de contribuir para o crescimento da educação em nosso estado, Minas Gerais. Fomos então surpreendidos por uma pandemia, decorrente da COVID-19. O sentimento e as perguntas logo vieram a tona: e agora? Como vamos proceder? Como se dará o trabalho? Como as escolas vão lidar com os estudantes? E as famílias? E os professores, como exercerão suas atividades? Foram imensas dúvidas que surgiram e parecia um desafio sem fim, um problema sem solução.

É por esses e outros motivos que uma boa gestão faz toda a diferença. Em um momento em que não enxergamos a luz no fim do túnel, a gestão aplicada nos faz alinhar os passos rumo a um caminho, uma saída em busca dos nossos fins estabelecidos. Momentos como esse nos fazem refletir e nos ensinam muito. É hora de realizarmos novamente um bom planejamento diante da nova realidade. É preciso entender o momento, compreender a situação, alinhar os conceitos entre as pessoas, verificar ferramentas, meios, prazos para continuarmos em busca dos nossos fins. Não podemos parar. Precisamos fazer esta leitura do todo, ajustar as nossas metas e traçar as ações necessárias para alcançá-las e vencer os desafios. E assim vimos acontecer nas escolas em que atuamos. A gestão traz clareza, assertividade, aplicação correta de recursos e, consequentemente, grandes resultados.

Para contemplar esses resultados, algumas barreiras precisavam ser quebradas. Se temos um novo cenário, é preciso trabalhar de forma aderente a este cenário. Tivemos um momento de muito crescimento pessoal e profissional, em que as equipes puderam aprender novas ferramentas digitais, metodologias ativas, recursos tecnológicos e até mesmo novos meios de comunicação. Foi percebido que havia um leque imenso de possibilidades e que o mundo estava na palma das mãos. O mais interessante nisso tudo foi que a educação agora está se alinhando à linguagem da nova geração. Um paradoxo formado: uma pandemia que se alastra e que desafia, gerando um alinhamento de linguagens entre escolas e estudantes. Como otimistas que somos, podemos contemplar o lado positivo de tudo isto. Nunca mais seremos os mesmos, a educação nunca mais será a mesma.

Ações lindas vêm sendo realizadas com os estudantes. Cada vez mais, contemplamos maior união entre as equipes das escolas e maior interesse dos estudantes e famílias. É um crescimento que veio para ficar. A gestão das escolas passará necessariamente por essas novas abordagens. As metas, os planos, os resultados estarão muito balizados por tudo aquilo que aprendemos nesse tempo de desafio.

Temos ouvido muito dizer sobre voltar à normalidade, mas creio que não voltaremos e sim avançaremos para uma nova realidade, uma realidade de muita evolução, crescimento, desenvolvimento e, consequentemente, melhores resultados em nossa educação.

Ah, o ano de 2020. O ano da transformação!

Compartilhe!

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp