Educação para fazer a diferença!

Educação para fazer a diferença!

A ​Cimentos Liz renova convênio com a FDG para, junto com a Secretaria Municipal de Educação, dar continuidade a implementação da Gestão Integrada da Educação (GIDE) em Vespasiano.

A renovação foi matéria dos jornais Vespasiano Em Notícias e Tribuna das Gerais. Leia abaixo.

      Tribuna das Gerais

Cerimônia de Assinatura dos Convênios 2017: renovação do investimento na educação

Cerimônia de Assinatura dos Convênios 2017: renovação do investimento na educação

Hoje, pela manhã, a Fundação de Desenvolvimento Gerencial (FDG) promoveu a Cerimônia de Assinatura para renovação dos convênios com as escolas públicas que implementam a metodologia de Gestão Integrada da Educação (GIDE). Além das escolas públicas, a Fundação renovou os contratos com a Empresa de Cimentos Liz (patrocinadora do projeto na Rede Municipal de Educação de Vespasiano, onde está localizada a cimenteira) e com o Colégio Loyola (instituição da Rede Jesuíta de Educação que implementa a GIDE Avançada). O evento foi realizado no Max Savassi Hotel e contou com a participação da equipe da FDG e conveniados.

O encontro é a consolidação do compromisso com a educação entre as partes, sendo também um marco para o planejamento dos trabalhos que virão no ano.

Pelo terceiro ano consecutivo, a Empresa de Cimentos Liz e o Colégio Loyola renovaram a parceria.  “A equipe da Secretaria de Educação de Vespasiano já demonstrou resultados expressivos. O Planejamento Estratégico da Rede visa elevar o patamar de desempenho dos alunos da Rede. A expectativa é de que em breve os resultados comecem a se consolidar na comunidade escolar. A Cimentos Liz acredita na mudança social por meio da educação”, declara Renata Oliveira, Chefe da Divisão de Comunicação da Empresa de Cimentos Liz.

Escolas e redes de ensino que buscam a metodologia GIDE como ferramenta gerencial têm alcançado melhorias significativa no desempenho dos alunos. A pedagoga e especialista em gestão, Maria Helena Godoy, assegura que investir na educação é promover um futuro melhor para todos. “Alunos, pais, professores e educadores em geral sabem que os Municípios precisam atingir índices mais elevados de qualidade no ensino. O aluno que aprendeu o esperado, no tempo certo com qualidade, com certeza conseguirá melhores oportunidades para a vida. As empresas que investem em educação sabem que, com a comunidade escolar melhor preparada, há mais chance desses alunos continuarem os estudos, e num futuro próximo, a mão-de-obra local já estará mais qualificada para ser contratada no próprio Município”.

Ganho para todos

A expectativa da FDG é dar continuidade à transferência do conhecimento gerencial, com o propósito de que as escolas e Redes possam assimilar esse aprendizado e perpetuar a gestão educacional nas instituições. “As parcerias firmadas pela FDG acrescentam muito conhecimento para as escolas que estão engajadas em melhorar o ensino no país. Tanto escolas quanto a FDG têm consciência que um país só se torna grande por meio do caminho da educação. Esse propósito é o que une escolas e FDG”, garantiu Maria Helena Godoy.

Palestra: A educação e o desafio de lidar com o conflito e a violência

Palestra: A educação e o desafio de lidar com o conflito e a violência

Num momento em que o mundo todo sofre e lamenta a falta de paz em decorrência da violência, a psicóloga Mônica Mummevem vem a Belo Horizonte, no próximo sábado, dia 28 de novembro, para falar sobre os desafios da convivência na escola. A palestra é destinada às escolas públicas parceiras que são atendidas pela Fundação de Desenvolvimento Gerencial (FDG). “É uma oportunidade única para que diretores, supervisores, professores e educadores possam ouvir sobre as “práticas restaurativas” que têm auxiliado os gestores escolares nesse momento de desafio para as instituições”, declarou a palestrante.

 Segundo a especialista é preciso pensar na escola como um lugar comum de convivência e qual o papel de cada um na construção de uma cultura de paz. “O desafio de transformar instituições em espaço de convivência ética e pacífica é imenso. Não se pode, de forma alguma, incorrer no erro de excluir nenhum ator que forma esta instituição. Não podemos deixar que uns ditem a outros como devem ser, sentir e reproduzir nas relações a dominação e o poder autoritário que são muitas vezes o primeiro ato violento e banalizado em nossa sociedade”, declarou Mônica.

 A palestra será ministrada para cerca de 350 convidados no teatro do Colégio Loyola. O evento pretende discutir com os educadores os desafios de lidar com os conflitos e a violência nas escolas e, além disso, como a educação pode ajudar a promover a paz. “Será uma ótima oportunidade de poder compartilhar essa experiência com o público do nosso Projeto”, disse Maria Helena Godoy, coordenadora dos projetos educacionais da FDG.

 Parceria em prol da educação

 Vinda de São Paulo para esse fim, Mônica Mumme, além de psicóloga, também é professora, consultora e palestrante especializada em mudanças de comportamento e paradigmas e na implementação de novas práticas. A especialista foi convidada pelo Colégio Loyola para apresentar o tema para os educadores das escolas públicas parceiras da Fundação, dentro do Convênio de Cooperação Técnica entre o Loyola a e a FDG, firmado desde o início deste ano.

 Um dos objetivos desse convênio é unir forças para fomentar o desenvolvimento da qualidade da educação das escolas públicas que são parceiras da Fundação. “Nessa parceria, serão utilizadasas ferramentas, a estrutura física e o conhecimento do Colégio Loyola. Em contrapartida, a instituição de ensino contará com a expertise e a consultoria de algumas soluções da metodologia de Gestão Integrada da Educação (GIDE), que é aplicada pela FDG”, explicou o Padre Germano Cord Neto, reitor e diretor geral do Colégio Loyola.

Foto: Divulgação

Fonte:  http://www.bheventos.com.br/evento/11-28-2015-palestra-a-educacao-e-o-desafio-de-lidar-com-o-conflito-e-a-violencia. Disponível em 09/12/15.